A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) promoveu nesta terça-feira (11) reunião-almoço com o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em Brasília. O encontro foi conduzido pelo presidente João Sanzovo Neto, e reuniu a diretoria da entidade e das associações estaduais com o objetivo de apresentar ao ministro os principais pleitos do setor supermercadista para o próximo ano.

Dentre as demandas apresentadas por João Sanzovo, estavam: permissão para que os supermercados voltem a comercializar medicamentos isentos de prescrição médica (MIPs), Reforma da Previdência, redução dos juros bancários, simplificação tributária, manutenção da legislação trabalhista atual, entre outras.

 

O presidente da ABRAS destacou em seu pronunciamento a importância do encontro e de um diálogo entre o setor e o novo governo na busca de soluções que contribuam com o desenvolvimento e a evolução do país.

 

Lorenzoni falou das propostas do próximo governo para impulsionar o crescimento econômico do Brasil, com destaque ao combate do desequilíbrio fiscal. O futuro ministro ressaltou ainda a importância do fortalecimento do ambiente empresarial na geração de emprego e renda do país, e da necessidade de desburocratizar e simplificar o sistema tributário como forma de alavancar o empreendedorismo brasileiro.

 

“Agora é a nossa chance de mudar o Brasil, e contamos com a ajuda de todos nesse processo”, declarou o ministro.

 

Imagens e fonte: Portal ABRAS